Governança de Tecnologia – Itil

O ITIL™ (Information Technology Infrastructure Library) é o modelo de referência para gerenciamento de processos de TI mais aceito mundialmente. A metodologia foi criada pela secretaria de comércio (Office of Government Commerce, OGC) do governo Inglês, a partir de pesquisas realizadas por Consultores, Especialistas e Doutores, para desenvolver as melhores práticas para a gestão da área de TI nas empresas privadas e públicas. Atualmente se tornou a norma BS-15000, sendo esta um anexo da ISO 9000/2000. O foco deste modelo é descrever os processos necessários para gerenciar infra-estrutura de TI eficientemente e eficazmente de modo a garantir os níveis de  serviço acordados com os clientes internos e externos

Baixe esse material em PDF aqui, ou do link original aqui.

Ciclo da Governança de TI

O que é a Governança de TI? De acordo com o IT Governance Institute (ITGI): “A governança de TI é de responsabilidade da alta administração (incluindo diretores e executivos), na liderança, nas estruturas organizacionais e nos processos que garantem que a TI da empresa sustente e estenda as estratégias e objetivos da organização.” Outra definição é dada por Peter Weill & Jeanne W. Ross (IT Governance): “Consiste em um ferramental para a especialização dos direitos de decisão e responsabilidade, visando encorajar comportamentos desejáveis no uso da TI.”

Faça o download desse material em PDF aqui, ou do link original aqui.

O que é governança de TI?

Esta é uma questão que muitos CIOs estão fazendo. Isto ocorre devido à diversidade de ferramentas e conceitos que são “despejados” no mercado, gerando dúvidas e definições incorretas sobre o tema. Os grandes equívocos que ocorrem freqüentemente são de definição, onde se conceitua a Governança de TI (GTI) como um painel de indicadores, ou como um processo de gestão de portfólio dos projetos estratégicos.

Continuar lendo O que é governança de TI?

Projeto na internet permite a qualquer um construir um videogame em casa

Quem gosta de videogames e até entrou no mundo da informática só para criar os seus próprios jogos pode ter uma oportunidade de ouro para dar o próximo passo. O Uzebox é um projeto “Open Source” que permite criar seu próprio console de games com um mínimo de peças (e de custo).

Referencia (http://www.geek.com.br)

Download: “Guia do usuário para Uso do Blender 3D Aplicado a Design V. 1.0″

Após um ano de sangue, suor e lágrimas, finalmente estou disponibilizando em domínino público sob a licença Creative Commons Para uso Não-Comercial, este guia de 280 páginas, completo ( pelo menos pretende-se que seja…), orientado a designers, aspirantes e simpatizantes sobre Blender 3D. Haja visto a necessidade de tal conteúdo no meio, tenho ouvido comentários de colegas sobre a necessidade de se fazer cursos de softwares 3D, comprar literatura, pagar licenças etc.

Referencia (http://blenderufpe.wordpress.com/)

Como funciona um set de cinema?

A cena mostra apenas um casal se beijando, mas, ao redor dos atores, há um exército de trabalhadores. A equipe que atua no set – o local em que se faz um filme – pode ser de poucas dezenas a algumas centenas de pessoas, dependendo do tamanho da produção. Um curta-metragem, por exemplo, não exige mais que 10 a 20 profissionais. Já uma superprodução como a trilogia O Senhor dos Anéis precisou de mais de 300 pessoas trabalhando nas cenas de batalha, sem contar o elenco.
Continuar lendo Como funciona um set de cinema?

Apostila Iluminação Cênica

A pedido do amigo JANDEIR DIAS do Pernambuco ai vai uma apostila sobre iluminação Cênica do Light Designers Valmir Perez da Unicamp. Esta apostila é uma das mais completas que já vi em português que aborta não só o conhecimento dos equipamentos utilizados em iluminação cênica mais também algumas dicas e truques para usar em seus trabalhos, para aqueles iluminadores de shows musicais também é muito útil porque pode retirar varias dicas desta apostila. Ela tem 139 Paginas e esta bem explicada com desenhos e exemplos. Atenção iluminadores, pode baixar porque vocês vão precisar dela um dia.

Referencia (http://dicasdesomeluz.blogspot.com)

Automatizando a construção de pacotes (arquivos SlackBuild)

Arquivos SlackBuild são shell scripts cuja finalidade é a automatização de todo processo de compilação de pacotes para o Slackware. Estes scripts também podem ser utilizados para otimização, recompilação ou personalização de pacotes oficiais, ou ainda quando quisermos seguir os padrões do Slackware na construção de pacotes não-oficiais, bastando para isto editarmos poucos parâmetros e deixá-los (os SlackBuild’s) responsáveis por todo o trabalho pesado (configurar, compilar, personalizar, etc).

Referencia (http://faleiros.eti.br)

Ubuntu no Dell Optiplex 320 (Serve para outros notebooks também)

Tivemos esta semana um problema com um computador Dell Optiplex 320, da série ‘N’ (sem sistema operacional). Quando instalava o Ubuntu, ele simplesmente não bootava. Ficava uma tela preta logo depois de usar o Grub. Dando uma buscada no ubuntuforums, encontrei o seguinte (disponível em inglês aqui [http://ubuntuforums.org/showthread.php?t=409345]): o problema não é o Ubuntu, mas sim o grub. Foi só trocar o grub pelo lilo, e tudo funcionou perfeitamente. Os passos são os seguintes:

Referencia (http://www.avila.eti.br)

A crise… ora, a crise!

Heloísa Helena chamou a atenção para a ambivalência do conceito quando, em recente ato do PSol na Cinelândia (Rio, 2/4/2009), disse que para os pobres a crise era permanente. E que esta de agora era a crise dos ricos. O problema, dizia ela, é que, quando os ricos entram em crise, a crise dos pobres piora. E é nesse ponto que a charge ao lado comprova que uma imagem vale por mil palavras.

Referencia (http://www.socialismo.org.br)